quinta-feira, 19 de abril de 2012

Viver nesse planeta é difícil pro ser humano?


Você que acha que é difícil ser um ser humano neste planeta, realmente você tem razão: Contas pra pagar, injustiças, racismo, violência, etc... Já parou pra pensar como é difícil ser um "bicho"?  Ser um boi, uma galinha, um peru, ou um porco por exemplo? Possuímos um sistema de vida cheia de Leis humanitárias, mas que PERMITE que outra violência absurda seja praticada. Você come a carne do animal, mas nem sequer sabe a terrível cadeia de sofrimento que houve pra que aquele "bife" suculento estivesse em seu lindo prato de porcelana. Você nem imagina o impácto ambiental que isso proporciona. A maioria das pessoas se dizem "bonzinhos", pois acreditam que seus estilos de vida não repercutem em nada na degradação ambiental e nem muito menos, se acarreta no sofrimento de algum animal no planeta. Se você come carne e bebe leite, pergunte-se: Porque como isso? Por comodidade, tradição ou sabor? Talvez os os três seja a resposta. Será que essa matança de "bichos" pela indústria ocorreria neste planeta se os seres humanos não existissem aqui? Poluímos o meio ambiente, destruimos o habitat deles, escravizamos os animais para o nosso bel prazer, matamos, os desmembramos sem a menor empatia e tiramos fotos com a familia numa churrascaria que dá balões para seus filhos para que nós matiguemos a carne do animal que não pôde sequer viver sua vida livremente. Fizemos do planeta uma "propriedade" dos seres humanos.

Nós temos os 5 sentidos os quais são os que mais utilizamos para guiarmos nossas vidas neste planeta. Sem dúvida, esses sentidos são úteis e importantes. A grande maioria dos animais possuem estes mesmos sentidos que temos, mas são tratados como produtos, mercadorias ou coisas sem sentimento algum. A diferença de um animal para um ser humano é a sua capacidade de raciocínio e discernimento. Era para que NÓS, que possuimos tais habilidades a mais, tivessemos o discernimento de RESPEITAR uma simples premissa básica: "Trate o próximo como gostaria de ser tratado". O "próximo" não é apenas o próximo ser humano, mas sim qualquer ser que respire o mesmo ar que você e vive no mesmo planeta que você.

Escravidão humana é crime!
Tortura humana é crime!
Assassinato humano é crime!
Abusos psicológicos é crime!
Racismo é crime!
Especismo é crime!

Não podemos fazer essas coisas com nossa espécie, mas com outras espécies sim???

Para os animais, nossos companheiros de planeta, temos o "Alvará" que permite isso sem o sentimento de "culpa" não é verdade?! Afinal de contas, a pecuária é um grande negócio. Move bilhões de dolares por ano e aquece a economia mundial. Se a pecuária parasse agora, a economia entraria em colapso imediato. Não podemos deixar isso acontecer não é!? Temos que manter esse "establishment", esse "status quo" a qualquer preço não é mesmo?! Somos o cachorro birrento que não quer soltar o osso mesmo que fique sem os dentes. Ignoramos a destruição do planeta, pois os lucro$$ são mais importantes. Aprendemos a tirar "vantagem" de tudo a qualquer preço.

Comemos carne e laticínios por 4 motivos: Hábito, tradição, conveniência e sabor.

O que peço é que abra sua mente e assista essa palestra até o final e reflita sobre um ato que parece ser simples, porém tem um efeito enorme no planeta.



Não se trata de ser vegetariano ou vegano, mas de se conscientizar sobre a nossa participação nesse planeta como espécie. Quais são as habilidades racionais e emocionais que possuímos que podem fazer a diferença na hora do uso de nosso discernimento? Respeito e Empatia eram pra ser o básico!





13 comentários:

  1. Oi rodrigo, falou bravamente, a verdade que muitos não querem ver, e qdo é mencionado, fecham e viram a cara, é sempre assim, como se vc fosse o maluco, lunático, mas não entendem e parece que não querem entender, o respeito que temos que ter com todos os tipos de vida que existem no planeta e fora dele tb.
    Eu já não era fã de carne, e fui criada no meio de gente matando os bichos para comerem, e achava um horror ouvindo os bichos se debatendo e gritando pela vida.
    Agradeço a vc pelo seu blog, pq ele foi um dos responsáveis por abrir meus olhos, e eu acabei me tornando vegetariana, ainda não sou vegana mas chego lá(rs), e dou preferência a fazer as minhas receitas,e a minha comida mais vegana.
    Já havia assistido o video ano passado, ele tb foi um dos responsáveis pela minha escolha, e é muito bom para abrir os olhos de quem precisa.
    Amor e Respeito pela vida de todos os tipos de seres vivos. bjos

    ResponderExcluir
  2. Grande Rodrigo concordo com suas palavras.
    Mas gostaria de deixar um alerta a respeito desse video que voce postou.
    O palestrante Gary apesar de ter seguir a causa vegan ( que por sinal é um ato magnifico de amor) usa de falacias e meias verdades para convencer as pessoas de sua causa, ao inves de fazer uma argumentação verdadeira. Logo se a causa é para o bem porque não usar apenas a verdade e ser honesto?
    segue o com o link com as respostas desse video.
    Sabe não concordo que os fins justifiquem os meios.

    http://www.youtube.com/watch?v=4wboI-ewLrY&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?feature=iv&src_vid=4wboI-ewLrY&annotation_id=annotation_71085&v=SOhXPRhHEWY

    Ps: apesar de não ser, simpatizo com os movimentos vegans e vegetarianos inclusive tenho amigos desses movimentos. Meu alerta aqui é para com as falacias que ele usa, não para com a causa.

    Abraço
    Gabriel A.

    ResponderExcluir
  3. O melhor seria não precisar matar nada, acho que uma cenoura tem o mesmo direito de viver do que um boi, ambos são seres vivos.

    Não acho que matar para COMER seja um ato assim tão grotesco já que também consta na natureza, acho pior o cativeiro, o sofrimento, os casos de tortura e maus tratos contra animais seja fora ou dentro de "fazendas de carne". Incluo as pet shops. Uma coisa é "resgatar" (um animal atropelado por exemplo) um bicho e cria-lo como seu amigo, ou acabar surgindo uma amizade de um animal silvestre e você, outra é comprar um escravo para aturar as carências de alguém.

    Refletindo sobre isso... Acho que se a pessoa quer mesmo comer carne deve-se buscar o menor dos males, atualmente posso aturar dois:

    1 - A caça - pois acho mais justa, o animal que morre teve uma vida plena em seu habitat natural e toda a sorte/azar do mundo de não estar lá na hora em que você estava caçando. Óbvio que não se deve tratar disso como um esporte, mas uma necessidade alimentícia, e claro procurando findar com a vida do bicho o mais rápido possível.

    2 - Fazendas orgânicas - Já há lugares em que os animais morrem dormindo, são mortos a noite em uma sala fria que os mata por hipotermia. O trauma assim é mínimo pois a hipotermia causa sonolência e o corpo congela.

    Bom... O melhor mesmo seria não precisar matar nada, nem planta, nem animal, mas só vivendo em outra dimensão mesmo, pois nessa aqui até tomando banho você está matando algum ser vivo...Acho que a questão não é matar ou não, mas a real necessidade da morte em questão, assim como a forma a qual ela acontece. Se pode ser evitado, seja o sofrimento ou a morte em si, então porque não evitar?

    ResponderExcluir
  4. Obrigado por partilhar mais uma triste realidade do nosso (i)mundo.

    A verdade é essa, vivemos (eu falo pelo que vejo à minha volta) num mundo repleto de hipócritas, especistas e inconsecuentes. Pessoas que simplesmente não QUEREM ver que o franguinho, o porquinho e a vitelinha que tanto apreciam no seu prato, têm tanta vida, tanto direito de viver e tanta capacidade de sofrer quanto o cãozinho e o gatinho que tanto dizem amar e querer proteger (a diferença é que aqueles sofrem realmente, e a um extremo inimaginável). Quem ama não come nem causa sofrimento, independentemente de que ser vivo se trate.

    Por isso, deixo aqui uma mensagem para os pseudo-moralistas de plantão: abram os olhos, deixem-se de histórias e informem-se. Mudem o que realmente deve ser mudado, protejam (dos vossos hábitos) os seres que realmente precisam, não somente aqueles que a sociedade "decidiu" que não iriam ser explorados, torturados e esquartejados para satisfazerem os vossos apetites e vontades. Porque como você bem disse, ESPECISMO É CRIME. E pior do que pessoas que não querem ver, só mesmo pessoas que apenas querem ver o que lhes convém.

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo Morais, você está de parabéns por esse artigo. Por mais que sejam animais irracionais, o sofrimento que se vê neles não tem nada de irracional. Infelizmente, é bem real.

    Esse vídeo merece ser divulgado para que as pessoas comecem a se conscientizar afim de procurarem outras fontes alimentícias.

    Mais uma vez, meus sinceros parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Ninguém comentou nada! todos estão repensando o churrasco de domingo?

    ResponderExcluir
  7. Olá a todos.
    De irracionais os animais não tem absolutamente nada. Ahhh, é o instinto!!! Nossa, ele é igual ao nosso! Eles respiram, sofrem, ficam alegres, felizes, brincam, pensam, são dissimulados, se alimentam, muitos passam a vida trabalhando...
    Ahhhh, tai mais uma coisa igual a nós: Eles se alimentam muitas vezes de outros animais. Aliás, a grande maioria é canibal. (canibal...tá na moda isso na tv hoje). Ah, canibal é um termo empregado somente se humano comer humano... Entendi...
    Qual é a diferença em comer carne humana ou de animal? Tenho certeza que muitos que frequentam os blogs já comeram carne de cavalo, cachorro, gato, sem saber e nem notaram a diferença. Afinal, é carne... Somos inteligentes, racionais, não é mesmo?

    Não, eles não são iguais a nós. Eles não saem matando uns aos outros por prazer, não caçam além daquilo que precisam, são unidos em seus bandos, sobrevivem as condições mais advesas de clima, etc... Alguma semelhança ai? Eu não vejo alguma sequer.
    O fato é que os animais são mais racionais e inteligentes do que nós simplesmente porque conseguem viver em seus habitats, muitas vezes inóspitos e sem os destruir, sem depredar tudo como estamos acostumados a fazer, pensam além do dia de hoje.
    Se um animal fere ou mata um humano, ah, ele é feroz, é a besta fera... Mas se humanos matam os animais, para alimentação e ou prazer, somos racionais, "humanos" e inteligentes...

    Como disse: e o homem criou deus a sua imagem e semelhança.

    Para bens pela matéria

    ResponderExcluir
  8. Gente, a única causa disto tudo, tanto do post como de todas as barbáries perpetradas mundo a fora, é unica e exclusivamente por dinheiro, poder do dinheiro, poder econômico... Se dá lucro, rende grana, assim será... Este é o mundo. Num planeta onde a população aprova o desembolsar de U$$ 1,600.000.000.000 em armamentos por ano, vocês esperam o que? o deus divino vir salvar-nos? Fala sério...
    Com metade deste dinheiro acabaria a fome em todo o continente Africano por uns 10 anos... Mas para que matar a fome deles. Isso não dá lucro.

    Bem que os irresponsáveis pela divulgação de que os Maias previram o fim do mundo (fim mesmo) na tal data, podiam estar com a razão... Assim acabaria tudo e quem sabe se as leis cósmicas permitiriam esta espécie (humanos)à recomeçar.

    Os chineses vão importar nossos jegues ( o correto é gegue) para servirem de alimento por lá.

    O dia que for lucrativo comer humanos, vai ter até enlatados de nós a venda.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  10. oi rodrigo, tá sumido, bem passei para deixar um video, não sei se ja assistiu, bjos
    http://www.youtube.com/watch?v=aUF9XnZjmBk
    NÃO HÁ AMANHÃ - There's No Tomorrow (2012) LEGENDADO PT

    ResponderExcluir
  11. Taí um cara que tem coragem e fala numa boa, O AQUECIMENTO GLOBAL É UMA FARSA. será que tudo é uma trama..... já que não tem mais como esconder.... dúvidas.....bjos
    http://www.youtube.com/watch?v=WQrEFj56Xfw&feature=relmfu
    http://www.youtube.com/watch?v=SKDb_i_41ps&feature=relmfu

    ResponderExcluir
  12. E aí Rodrigo... tá vivo, man? Anda sumido. Espero que esteja tudo em ordem. Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...