terça-feira, 24 de agosto de 2010

A LUA ...


Lua (do latim Luna), situando-se a uma distância de cerca de 384.405 km do nosso planeta.

A nossa Lua é um corpo celeste interessante pelo histórico “místico e esotérico” que tem.
Ela é dita como nosso “satélite natural” - Satélite = Astron. Planeta secundário que gira à roda de um planeta principal.

A verdade é que há muitas coisas “mal” explicadas ou simplesmente ocultadas sobre a Lua.

Eu sempre achava estranho quando diziam que a Lua nos mostra sempre o mesmo lado. De fato, ela sempre está com um lado apontado para a Terra, mas como isso ocorre ???

  A nossa "ciência convencional" nos explica até hoje que a Lua possui 2 movimentos:

TRANSLAÇÃO = Mecân. Movimento de um sólido cujas partes conservam uma direção constante.
ROTAÇAO = Movimento giratório de um corpo à roda do seu eixo fixo.

Nos dizem que o fato da Lua nos mostrar sempre o mesmo lado é porque a sua “Rotação” tem a mesma velocidade que sua Translação.

Bom, então vamos pensar um pouco: Se um corpo se desloca através de um movimento de Translação, quer dizer então que ele CONSERVA uma direção constante, certo?!!! Então seria como se ele estivesse em uma reta movimentando-se do ponto A ao ponto B.

Mas, como podemos justificar seu movimento de Rotação se ela está sempre nos mostrando um mesmo lado ???
Fácil, é porque ela NÃO há movimento de Rotação – NÃO existe tal Rotação !!! Há somente o movimento de Translação.


A explicação de que a Lua mostra sempre a mesma face devido ao seu movimento de Rotação, só é entendível se for lida ao contrário: «Como não tem movimento de Rotação, a Lua mostra sempre a mesma face

Se ela girasse em torno de seu eixo, é óbvio que em um determinado momento mudaria sua face voltada para a Terra. O que precisa ficar claro aqui, é que são DOIS movimentos independentes. Rotação é Rotação e Translação é Translação e ponto final.

Você pode fazer o teste: Desenhe um circulo no chão e ande encima da linha do circulo num único sentido. Imagine que seu lado esquerdo seja a face da Lua que está sempre voltada pra Terra. Perceba que esse seu lado esquerdo estará sempre voltado pro centro do circulo, e se você não girar em torno de si mesmo ou nunca mudar de direção, NUNCA, JAMAIS irá mostrar seu lado direito para o centro do circulo. Assim, é fácil inventar um argumento de que a Rotação tem a mesma velocidade que a Translação ... [ rs, ridículo! ].


Vamos ver mais anomalias:

Em 1962, o cientista da NASA Dr. Gordon MacDonald, revendo as informações sobre a densidade da Terra e comparando com a densidade da Lua, muito inferior, concluiu que tal diferença somente seria justificada se a Lua fosse OCA. A baixa densidade não era compatível com uma esfera homogênea. Idéia semelhante foi defendida pelo Dr. Harold Urey, detentor de um prêmio Nobel, onde sugere que a Lua contém uma cavidade. A mesma opinião foi endossada pelo Dr. Sean C. Salomon, do MIT que declarou: "a Lua pode ser oca".

Carl Segan, em sua obra Inteligent Life in the Universe escreve: "Um satélite natural não pode ser um objeto oco. Se isso é verdade e a Lua for realmente oca significa que existe alguma coisa muito estranha sobre o nosso satélite".

As experiências das missões espaciais da NASA também sugerem que a Lua é oca.

Quando as equipes da Apollo XII e Apollo XIII lançaram módulos na superfície lunar, descobriram que o impacto havia provocado abalos sísmicos. O pouso da Apollo XII causou uma reverberação semelhante ao barulho de um sino que durou cerca de uma hora. O fenômeno se repetiu com a Apollo XIII, que produziu uma reverberação durante três horas e vinte minutos alcançando uma profundidade de 25 milhas. A análise dessas informações leva à conclusão de que a Lua NÃO POSSUI SUBSTÂNCIA DENSA EM SEU INTERIOR - se a Lua é realmente artificial, ela deve ter sido "colocada" naquele lugar em algum momento da história da Terra.

A densidade da Lua é de 60%, em relação a da Terra, o que sustenta a idéia de ser OCA.

Proporcionalmente entre todos os planetas, nossa Lua é a maior em nosso sistema solar, possui mais de 1/4 do tamanho da Terra e 1/6 de sua gravidade (isso na sua face voltada para a Terra, pois no lado oculto, acredite, a gravidade é similar a da Terra).

Pelo tamanho da Terra, proporcionalmente teriamos que ter uma “lua” de no maximo 70km de diametro. Porém, nossa Lua possui 3.473km de diametro, que é inclusive maoir que Plutão.

Não há nenhum outro planeta ou lua em nosso sistema solar que apresente os mesmos componentes que a nossa “querida” Lua.

Dizem os “nossos cientistas e astrônomos” que uma das teorias da formação da Lua foi que, quando a Terra estava em formação, um pedaço se arrancou da Terra formando assim a Lua. Mentira !!! Pois se comprovou que no solo lunar há menos que 30% dos componentes da Terra.

Uma outra teoria interessante, mas que também não “cola” é que em um determinado momento houve uma explosão dentro de nosso sistema solar e um pedaço (Lua) teria sido atraído pela gravidade da Terra. Porém, nosso Sistema Solar inteiro tem aproximadamente 4,5 bilhões de anos, e a Lua tem MAIS de 9 bilhões de anos podendo chegar a 20 bilhões de anos. Ou seja, a Lua é BEM mais velha que TODO o nosso Sistema Solar.


Há mais de 150 luas em nosso sistema solar e TODAS possuem uma órbita elíptica (ovalada).

A Lua é único satélite do sistema solar que tem uma órbita quase que perfeitamente circular. Sua Excentricidade é de 0,05.

A maior cratera da Lua mede 150 km de diâmetro e 2,2 km de profundidade.
O problema aqui é que isso é impossível, pois se o solo lunar fosse como um solo “normal” de um corpo celeste ou planeta, a profundidade deveria ser muito, mas muito maior. E não acaba por ai, pois o mais incrível é que no fundo das crateras se constatou um formato CONVEXO e não côncavo como ocorre normalmente em uma cratera. Então, porque as crateras são assim ???

Bom, a Lua tem TODAS as características de um NÃO satélite natural, ou seja, É UM SATELITE ARTIFICIAL ... !!! Simples assim.

Há uma espécie de “casca” muito resistente por baixo que a protege desses choques com meteoros e meteoritos.
E não acaba aí, pois há uma outra anomalia interessante que se mostra evidenciada pela quantidade de crateras espalhadas pela Lua.


Note na foto ao lado que mostra o lado oculto da Lua.

Podemos ver a quantidade de crateras a mais que no outro lado. Isso ocorre por causa de uma “anomalia” gravitacional (proposital) que faz com que a grande maioria de meteoros e meteoritos se choque apenas em um lado da Lua, preservando o outro lado (aquele que está virado pra Terra) praticamente intacto. E mais absurdo ainda é que há crateras de formato retangular ... será que existem meteoros ou meteoritos retangulares ??? ... rs.

Bom, recentemente um ÓTIMO documentário trouxe a tona as fortissimas evidências sobre a verdadeira coloração da Lua e também sobre a quantidade absurda de “Domos” iluminados existentes principalmente dentro das crateras. Há também enormes estruturas que foram fotografadas e filmadas -  Moon Rising.

Ok! Concordamos então que a Lua é artificial, mas então quem a trouxe pra cá ??? Com que propósito ??? Tem a ver com os Anunnakis ??? Teria sido colocada por uma outra civilização para nos observar apenas ??? Ou para nos manter como recursos ??? Para nos explorar tanto nosso planeta como nossa genética ???

Leia sobre o lado oculto da Lua >> http://rmorais76.blogspot.com/2010/12/lado-oculto-da-lua.html

Deixo agora o link do Dr. Richard Hoagland falando sobre as ruínas e estruturas encontradas na Lua e que não nos contaram. Não deixe de assistir ...
http://pistasdocaminho.blogspot.com/2009/12/richard-hoagland-e-as-ruinas-na-lua.html


E complementando o Post ... veja:

 
A Verdade Sobre A Lua - introdução do Moon Rising

 
 
Palestra de Alex Collier sobre o Lado Oculto da Lua 4


George Kavassilas - Lua



Fontes e links:

Nuestro satétite: La luna. ¿Natural o Artificial? Argumentación científica.
http://starviewer.wordpress.com/2010/09/03/nuestro-satetite-la-luna-%C2%BFnatural-o-artificial-argumentacion-cientifica/

Todos os artigos sobre a artificialidade da Lua.
http://starviewer.wordpress.com/?s=luna

O movimento da Lua
http://cidadaodomundo.weblog.com.pt/arquivo/O_movimento_da_Lua.htm

http://starviewer.wordpress.com/?s=luna+artificial

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lua

Bases Alienigenas na Lua
http://frankherles.wordpress.com/2007/12/02/bases-alienigenas-na-lua/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sat%C3%A9lite_natural

O mistério da Lua
http://www.juntafacil.com.br/astrum/adescoberta/lua.htm
 

Abraço!

25 comentários:

  1. Ler esse post nos faz pensar que a maior parte do que aprendemos na escola não nos serve para nada!
    É mentira em cima de mentira e como na escola não te ensinam a questionar, te ensinam a aceitar, ficamos fadados a aceitar qualquer bobeira que nos conte.

    Essa da Lua possuir movimento de rotação é uma delas, é ridícula essa teoria e como sempre, basta perceber que no fundo há sempre alguma mentira, manipulação a fim de esconder algo importante de nós (humanidade).

    É isso aí Rodrigo! Valeu pela síntese de informações e sua sempre inteligente observação do que encontra.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Apocalipse é isso; REVELAÇÂO!
    O que mais ainda não sabemos?

    Muita coisa... não chegamos a 1/4 do que temos que aprender sobre nós e a nossa importância nessa história toda.

    Excelente trabalho, Rodrigo. Grata por me ajudar a ver!

    bjo grande

    ResponderExcluir
  3. Olá Rodrigo!! parabéns pelo post..eu sempre desconfiei que a lua na verdade era uma base alienígena anunnaki, porq como pode fazer efeito na mente humana, na fase CHEIA, fazendo acordar os instintos selvagens, totalmente ligados ao hemisfério esquerdo do cerebro?

    Já percebeu como algo que está nela, comanda a decadência do ser humano em algumas fases? bom, posso estar pirando com estas teorias, mas que tem nexo ahhh isso tem rsrs..

    Grande abraço!! PAZ E LUZ

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Ravena e Laura ... só aprendo com vcs.

    Olá Viajante!
    Caramba! vc deu uma boa viajada e eu gosto disso...rs...o que vc disse tem MUITA coerencia sim... Veja: A Lua interfere em nós por causa de sua força gravitacional...as marés são influenciadas diretamente pela gravidade exercida pela Lua ... somos 70% agua, nosso fluxo sanguineo é influenciado tbm... num tem essa história de cortar o cabelo na lua cheia e/ou outras luas ?!!! então, imagine se a Lua nos desse seu outro lado que é onde existe sua anomalia gravitacional ??? Daí sim as marés iriam surtir um Mega efeito ... os surfistas iriam adorar ...rs...

    grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  5. Incansáveis pesquisadores da VERDADE...
    Constrangido, mas solidário, venho lhes indicar um procedimento para compreender que a Lua efetivamente possui movimento de rotação.
    Se diminuirmos o diâmetro do círculo que a Lua perfaz em torno da Terra, até um mínimo possível, veremos que ela efetua uma rotação em torno do seu eixo.
    Se fizermos com que o movimento se reduza até ao ponto central ficará evidenciado que a Astronomia está correta. E que os cientistas não são totalmente ignorantes...
    Aliás, bastará que seja observado que o veículo mostrado no esquema se movimenta em sentido contrário àquele ocorrido no outro lado da circunferência. Evidentemente, por se ter virado, houve um movimento circular em torno de si, rotação em torno do seu eixo...
    Perdoem-me a intromissão, apenas estou esclarecendo. Se me fosse possível entrar em contato direto, estes dizeres não se tornariam públicos.
    Mas também considero que todos os comentários são analisados antes de serem postados. E isto me deixa mais confortável perante a situação.
    Um abraço e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Anonimo!

    Não se preocupe. Não tenho receios sobre qq comentário. Antes agradeço vc por comentar. Todos temos perspectivas baseadas naquilo que entendemos e que aprendemos.

    Entendo o que vc comentou e seu raciocício, eu já pensei da mesmíssima forma, porém pensei bem antes de escrever isso. Vou tentar comentar algo mais sobre essa minha perspectiva: A Lua é redonda e em sua translação faz um giro tbm redondo. Imagine que esse giro de transtação é uma linha. Peque uma tesoura e corte essa linha, aparecerão duas pontas. Ponta A e ponta B. Segure em uma mão uma das pontas e com a outra mão a outra ponta. O que era Curvo virou uma RETA, agora faça a Lua percorrer do ponto A ao ponto B. Perceba que ela não gira. E isso é mais que evidente. Outra forma simples de ver isso. Imagine que a Trnslação da Lua não existisse, ou seja que ela ficasse parada. Ela continuaria parada e ainda mostrando seu mesmo lado pra nós. Agora, é bem fácil dizer que o movimento de rotação tem a mesmíssima aceleração e velocidade que a translação. NENHUM corpo celeste tem essa característica. Não sou contra a astronomia nem a nenhum cientista, mas procuro "pesar" bem as coisas que nos "ensinam" nessa Matrix pandêmica onde tudo é muito mais distorcido do que esclarecido.

    Fico grato de coração por seu comentário. Volte sempre. Gosto de pessoas que contrastam amistosamente como vc o fez.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, post do dia dos meus 28 anos, que beleza.

      Quanto ao que você defende e o que o Anônimo acima defende sobre a rotação da lua, ambos estão certos, mas de pontos de vistas diferentes.
      Você deixou em linha reta a trajetória da lua em torno da terra (translação), e em linha reta, se a lua percorre a linha mostrando sempre o mesmo lado para algum ponto de referência, não há rotação. Já se ela percorre a linha ao mesmo tempo que rotaciona sobre o próprio eixo, veremos as várias faces a partir de um ponto de observação perpendicular ao eixo de giro (vê-la dos pólos não adiantaria nada)

      Agora analisando a trajetória circular da lua em torno da terra, se ela girar em torno do próprio eixo, sobre a trajetória da linha circular de translação, no mesmo sentido de giro (movimento de translação da lua no sentido horário observando-se de um pólo - movimento de rotação da lua no sentido horário observando-se do mesmo pólo) e se o tempo gasto na rotação for o mesmo que o tempo gasto na translação, ficará claro que a lua sempre estará com a mesma face voltada para a terra (considerando a trajetória circular de translação perfeita).
      A nossa querida ciência diz que rotação é o giro no próprio eixo e translação (creio eu) sendo sempre a trajetória circular.

      De qualquer forma, independente de qual definição de rotação é a correta, não muda o fato de a lua ser esquisita, possuir muito mais titânio do que a terra, e outras coisas mais.
      A parte da gravidade diferente no lado oculto eu não sabia ainda.
      Não sei onde vi isso, mas dizem que um grupo de ETs (deuses) no passado usavam a lua, aproximando ou afastando-a da Terra (talvez mudando a face tbm, quem sabe), para causar catástrofes na terra e justificar os castigos dos deuses...

      Cheguei aqui pela blog da Laura, do mesmo jeito que tbm conheci o blog da Ravena. Só nem me lembro como fui parar no blog da Laura...

      É isso, abraço.
      Até

      Excluir
  7. Eu nunca consegui entender como que só aparecia somente uma face da lua, e tinha a famosa face oculta da lua. Ou seja! era pra gente não entender mesmo. Não questione só aceite.

    ResponderExcluir
  8. Oi Verdades Ocultas!

    Sim, vc disse bem ... não questione, apenas aceite ...

    A ciencia que se impõe por decreto, nunca será ciencia, señao religião.
    E uma religião da ciencia nos condúz à negação da consciencia.
    E o ser humano tem consciencia e discerne.

    Penso...logo existo, e se existo e penso, deduzo que posso opinar,
    investigar, ler e contrastar. Sinto e penso e posso investigar.
    Sou livre de aprender, respirar, viver, pensar, crer e de argumentar.


    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Nossa eu tbm sempre ficava imaginando o pq de a gente so ver um lado da lua.. ehh.. realmente a gente não aprendeu muita coisa nesta vida ainda.. obrigada por mais esta valiosa informação!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Andressa!

    Obrigado pelo comentário e interesse.

    Abração!

    ResponderExcluir
  11. Oi Rodrigo,

    Muito inteligente o teu post, eu compreendo a tua conclusão, se o planeta e a lua estivessem parados continuavamos a ver sempre a mesma face.

    Depois de ver o Moon Rising (alguns meses atrás) fiz uma busca em fotos de planetas onde dava para ver menos mal a superficie, aproximava, tonalidades, e muitas vezes consegui identificar formas que era difícil que fossem causas naturais, tinha vezes em que eu via cidades inteiras mas quando mostrava a amigos eles não viam nada, quando é impossível na cabeça não se vê mais nada além...

    e naquela parte dos simbolos das agencias espaciais internacionais em que TODAS têm o vetor em comum no simbolo, ou seja todas estão na rede e contribuem para o complô mundial, e se a mentira chegou a esse ponto é porque vem muito mais de trás.

    Força e um grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. Olá (Raúl)Desperta Portugal!

    Sim, esse documentário é fenomenal, mas mesmo um doc desse porte cientifico e feito com pessoas sérias, elaborado com o maior seriedade e clareza de material encontrado, A GRANDE maioria das pessoas estão "freadas" nos paradigmas religiosos e cientificos ortodoxos que IMPEDEM a mente de pensar livremente... isso é muito triste ... o despertar, o fato de estar desperto, como muitas pessoas vêm usando esse termo ultimamente quer dizer despertar MENTAL, sair da Matrix é qubrar os paradigmas, abrir a caixa de "pandora" e ver, explorar o que está lá fora, dar atenção, mudar o foco da visão estreita pra uma visão infinita... Temos que usar sempre esse termo ... INFINITO ... só assim, poderemos continuar evoluindo...

    Grande abraço e muito obrigo por seu comentário aki, fico honrado de verdade.

    ResponderExcluir
  13. Oi , gostaria que vc lesse esse artigo http://www.afraudedoseculo.com.br/ . Deixei no blog da Laura, não estou criticando vcs. se vcs acreditam que o homem foi à Lua eu não acredito, se ele foi me explique a variação de temperatura como ele poderia sobreviver lá? Não sou reacionária sou apenas uma curiosa.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  14. Olá Andromedra!

    Primeiro quero agradecer seu comentário. Vc está no caminho .. duvidar é importante pra poder buscar as respostas. Bom, eu conheço esse artigo e muitos outros do tipo, e confesso que já me fez muito sentido qdo eu não tinha "sondado" mais informação. A questão que vc levanta é muito simples e muito facil de ser respondida, pois há tecnologias das quais nós nem sequer sonhamos e que um "complexo militar obscuro" possui através de engenharia reversa de tecnologia alienigena. Agora, vc pode não dar ouvidos a essa "teoria" e negar tudo isso, mas o FATO é que isso existe, aconteceu e está acontecendo quer vc ou eu acreditemos ou não. Quando vc rastreia dados, informações e EVIDENCIAS, vc acaba topando com o testemunho de tanta gente envolvida nos mais altos escalões militares e etc etc ... que o faz repensar no termo "ficção científica". Ou seja, eu não posso provar nada do que escrevo, até que gostaria, mas meu esforço é o de trazer a tona o máximo possível de evidencias e informações que concatenam com o óbvio. Diante disso, cabe o discernimento de cada um pra poder "ver" um pouco mais além do "véu". Tem uma frase que ajuda um pouco:

    "Existem dois tipos de história mundial: uma é a oficial, mentirosa, própria para as salas de aula; a outra é a história secreta, que esconde a verdadeira causa dos acontecimentos." - Honoré de Balzac.

    Obrigado mais uma vez e continue na sua busca.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. que post ridiculo, vão estudar um pouco de geografia e astronomia pfv! aff --'

    ResponderExcluir
  16. Finalmente começo a encontrar alguém que tem a mesma visão das coisas que eu. Já andava a ficar louco, pois quando falo sobre a Lua, e quando chega à parte dos movimentos deste corpo celeste, acabo sempre por defender a tese de que ela não tem movimento de Rotação, pois mostra sempre a mesma face. Ora, Rotação implica RODAR sobre o seu próprio eixo, por isso, mesmo que os seus movimentos de Rotação e Translação fossem sincronizados (27,32 dias), haveria um momento em que a Lua mostraria a sua face oculta a um qualquer ponto da Terra. Ora, isso nunca acontece. E não acontece porque não roda sobre si própria.
    Por isso, quando li no jornal jornal Expresso em 7 de Agosto de 1999 (Portugal), o modelo que o inventor português Manuel da Silva Marques fez sobre os movimentos da Lua eu comecei a ver que não era o único "maluco" a pensar assim. Esse modelo é o que surge no início deste tema.
    Na verdade os que defendem a tese tradicional de que a Lua tem 2 movimentos, sincronizados, explicam o assunto com a mesma e desgastada argumentação doutrinal, remoendo à volta disso. Mas quando lhes pedimos para nos exemplificarem com um modelo dinâmico, aí eles não conseguem MESMO explicar, pois notam que algo não bate certo entre o argumento teórico e o prático.
    Um dos exemplos que dão é o do carro (que representaria a Lua) a rodar à volta da rotunda, em que dá sempre a mesma parte para o observador que se encontre no centro da rotunda e acompanhe a sua trajectória (é o modelo que também se vê em cima). Ora bem, o que eles se esquecem é que explicam isso com base SÓ no movimento de Translação da Lua. Pois se introduzissem o outro movimento (independentemente de qualquer sincronização, o de Rotação, o carro ao dar a volta à rotunda (Terra) teria que girar sobre si próprio também, e não apenas fazendo o percurso frontal: ou seja, havendo Rotação, o carro teria que girar também sobre o seu centro (eixo) e a sua traseira haveria de ficar virada para a frente a meio do percurso.
    Isto a mim parece-me evidente mas para a esmagadora maioria parece que... não!

    Ainda bem que não estou só nesta "loucura".

    Parabéns pelo tema.

    ResponderExcluir
  17. ola anonimo! obrigado por seu interesse e sua postura! Como Carl Jung dizia: "ser normal é a meta dos fracassados". É normal uma pessoa hoje em dia ser tão reativa com novos conceitos que "quebram" padrões... isso "machuca" pois uma crença fortemente estabelecida mesmo sem ser averiguada fica "encrustada" nas perspectivas dessa pessoa... Veja o exemplo do comentário anterior ao seu...(risos)... a pessoa se ofendeu... enfim, logo tudo estará mais claro e querendo ou não - no amor ou na dor, iremos ter que observar tudo de forma diferente e aprender, ou vai doer muito...

    Abração!

    ResponderExcluir
  18. Senhores, li a matéria e achei muito interessante. Mas se você analisar a própria ilustração lá em cima do carro de corrida em volta da terra, dá pra perceber que ele gira em seu próprio eixo (rotação). Quando o carro está ao norte da terra ele está a 0°, a oeste a -90°, a sul a 180° e a leste a 90°. Se ele não tivesse rotação em seu próprio eixo, sempre estaria numa mesma posição.

    Abraço!

    SERGIO

    ResponderExcluir
  19. Fala SERGIO! Obrigado por sua observação e seu comentário! Bom, o que vc diz ser uma rotação, é na verdade uma "falsa" rotação. Para ser uma rotação de fato, a Lua teria que girar em torno de seu eixo, ma isso não ocorre. A ilustração do carro mostra claramente que ela apenas muda de posiçãonum traçado circular, e é essa mudança de posição que nos dá a falsa sensação de que ela gira em torno de si mesma. Ok!? Espero que tenha melhorado sua perspectiva...

    Abração!

    ResponderExcluir
  20. OLÁ,DESCULPEM-ME NÕSER MUT BOM NESSAS COISA,MAS,E SE A TERRA E A LUA FAZEM A ROTAÇÃO NUMA MESMA VELOCIDADE,NÕ SERIA O CASO DE ELAS SEMPRE SE ENCONTRAREM NM MESM PONTO?OU SEJA,DEVERÍAMOS SABER QUAL LADO DA LUA É MOSTRADO DO OUTRO LADO DA TERRA.

    ResponderExcluir
  21. ola MOSENIAS GALVÃO !

    Faz o seguinte: Pega suas laranja por exemplo e faça a experiencia. Gire-as simulando o movimento da Terra e da Lua. Marque uma parte da face da Lua na laranja que será a lua para saber qual o lado oculto. Daí é só girar...peça ajuda pra uma outra pessoa que fica mais facil... enqto uma gira a Terra a outra gira a lua... vc vai perceber que não tem como um lado ficar SEMPRE ocultado na Lua...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  22. O Sérgio está certo.


    Na ilustração do carrinho mostra que ele tem rotação sim, pq ele ta num angulo diferente em relação a si mesmo, no decorrer da translação.

    Ele gira em relação ao próprio eixo. Se não girasse aí sim seria possível ver o outro lado da lua, num determinado momento da translação.

    ResponderExcluir
  23. Bem, fevereiro de 2014, o que temos de novo, confirmado e verdadeiro? Sempre penso: com quantos olhos já olhei nossa querida lua? Vida após vida, continuamos enganados e manipulados pelos poderosos. Quando realmente teremos a verdade sobre nossa existência e natureza?

    ResponderExcluir
  24. Todos os vídeos foram retirados........=(
    (não é surpresa na verdade) rsrsrs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...